• O Caderno de Benjamim

GÊNERO: poesia| FORMATO: 14X21 | ANO: 2020 | PÁGINAS:210| Pólen soft 80

SINOPSE: Da ordem do encantamento mítico, sobreposições da luz na clareira do ser e restituição dum ordenamento mágico numa sociedade dessacralizada. Com que alegria persigo essas sendas dessa rememoração pela poderosa criação do escritor absolutor: ´proesia´, indeterminação de gêneros porque imantado no magma ele mesmo dos arquétipos. Insurgência de epifanias, erupção de sinestesias, aqui ouço as veredas de outros saberes arcanos: ´insights´ poderosos duma Macondo revivida, imagética borgiana na contenção epigramática de Manoel de Barros: li esse livro, mas sei que ele pede maturação, novas miradas, uma caneta quântica sublinhando seus desdobramentos rizomáticos. Luminescências, rutilâncias, retinir de pedras e metais ígneos, ternuras, proezas, prazeres constantes dum segredo / sagrado já que de mesmo raiz etimológica que só um poeta ontológico é capaz de forjar. De Belém já tinha a riqueza de Benedito Nunes e Mário Faustino, agora a brasilidade reforça valor da pena por seu maior predicado: ousadia da ressignificação do mundo. Adormecida pelo marasmo conformista a poética desperta: ´´O caderno de Benjamim´´ é prova de crença em nossa literatura. Saúdo-te Edmir como faria Whitman para Pessoa e Lorca: o que li aqui permanece noutros cantos, creia. [Flávio Viegas Amoreira] 


Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

O Caderno de Benjamim

  • R$42,00

Produtos relacionados

Traço-oco

Traço-oco

GÊNERO:  Poesia          FORMATO: 14X21 | ANO: 201..

R$38,00

O primeiro inferno e outros poemas

O primeiro inferno e outros poemas

GÊNERO:  Poesia                FORMATO: ..

R$38,00

Etiquetas: Candeeiro