Busca Rápida
           

.

.

Categorias
Acadêmicos (25)
Contos (67)
Crônicas (31)
Ficção (50)
Microficção (15)
Poesia (208)
Romance (70)
Lit. Estrangeira (9)
[...] (1)

Carrinho mais
0 itens

Sua Conta
Seu Email

Senha
 

Cadastre-se
Esqueceu a senha?


Clique aqui e




Poemas Pendentes R$38.00




POEMAS PENDENTES
Rodolfo Alonso

Uma poesia que não usa as palavras pela sensualidade que desprendem, mas pelo silêncio que concentram: assim é a de Rodolfo Alonso. Poesia que tenta exprimir o máximo de valores no mínimo de matéria vocabular, impondo-se uma concisão que chega à mudez. E que, por isso mesmo, se julga com severidade.
Em verdade, escrever, sob tamanha exigência, é um ato de vida, liberta de violências, mistificações e compromissos. E restaura a vida essencial, captando o que, na sucessão do tempo, nem é percebido pelos que têm gula de chegar a um ponto inexistente. Rodolfo Alonso observa, por exemplo, uma cicatriz. Aparentemente, é uma obra acabada da natureza. Mas, por baixo dela, o poeta descobre o fogo central da chaga, permanente, a consumir e alimar.
Talvez que a ambição deste poeta - como saber ao certo a ambição da poesia? - seja trazer para a vida de todos os dias o fogo de uma chaga viva de amor, ardendo no maior silêncio de compreensão. 
(Carlos Drummond de Andrade)


CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO:

GÊNERO: Poesia
ISBN: 978-85-5833-028-2 | ANO: 2016
FORMATO: 14X21
PÁGINAS:  198 | Pólen Bold 90gr

Este produto foi adicionado em nosso catálogo em sexta 03 junho, 2016.
Comentários
Clientes que compraram este livro também compraram...
Desacontecenças - Aloísio Brandão
Desacontecenças - Aloísio Brandão
Corpos furtivos
Corpos furtivos
Almas de porcelana
Almas de porcelana
Cadela Prateada - Liria Porto
Cadela Prateada - Liria Porto




Criação de Site | Hospedagem de Site