• Ensaio Sobre a Solidão

GÊNERO: Poesia    
FORMATO: 14X21  | ANO: 2018
PÁGINAS: 128 | Pólen Bold 90gr



SINOPSE:
                Esta obra que fala da solidão e da saudade é introduzida com um lindo prefácio, no qual está escrito uma frase cuja moral diz que sempre é tempo de se voltar e ser aquilo que não se pode ser no passado, pois a vida é este recomeço, no qual, algumas vezes se está preparado para determinada situação, no entanto, em outras, ainda não. Por isto a pertinência de voltar à medida que o ser se forma nas suas andanças e mudanças tornando-se mais preparado para lidar com as situações.
            Os poemas exploram a solidão percebida pela ardência da saudade, começando por explorar os primeiros relacionamentos e as primeiras perdas, como o vivenciado após a primeira relação amorosa, quando se finda o envolvimento amoroso dando margem ao peso da saudade que se torna como uma sombra a enegrecer até mesmo a percepção dos sentidos, os quais ficam impossibilitados de contemplar a lua, ou o céu.
            Esta saudade é tão grande, tão impactante que o seu alcance se estende por todo o “espaço da ausência”, a saudade é a própria ausência, o eu-lírico atormentado pela percepção da sua solidão tenta fugir para o alcance onírico dos sonhos, no entanto, a casa vazia é destacada pela reflexão do céu, tornando evidente que a sua casa, é como ele próprio, uma “casa de passagem”, muitos se abrigam por tempos ali, mas com o tempo, todos partem.
            O tempo que é tido por tantos como uma dádiva capaz de cicatrizar, amenizas as dores, é para a autora uma coisa estranha, que traz não a paz da resolução de todos os conflitos, apenas “selam com um beijo maldito”, todas as coisas que foram perdidas, o tempo destaca a perda, a dissolução dos laços, desorienta os mais fortes, e a autora, em sua saudade aprende a seguir, “ainda que não saiba como”.
            





Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Ensaio Sobre a Solidão

  • R$36,00

Etiquetas: Lampejos